quinta-feira, 10 de julho de 2008

BENNY HINN E A TEOLOGIA DA PROSPERIDADE...

Amados, enquanto eu empregava toda a diligência para escrever-vos acerca da salvação que nos é comum, senti a necessidade de vos escrever, exortando-vos a pelejar pela fé que de uma vez para sempre foi entregue aos santos.” (Judas 3)
.
Recentemente, eu estive navegando nas páginas do Orkut, o maior site de relacionamentos da rede mundial de computadores, e encontrei uma Comunidade que se propõe a discutir a respeito do famoso (e controvertido) pregador Benny Hinn, e fui motivado a participar da discussão em um de seus tópicos. Senti-me motivado a transcrever a resposta que postei por lá, aqui no blog (com pequenas alterações), pois creio que este canal de comunicação que o Senhor entregou nas minhas mãos também pode e deve ser usado como uma voz apologética. Que Deus se digne de usar as palavras seguintes para trazer luz aos corações confusos e desalentados pelos falsos ensinos deste homem! Assim seja!


BENNY HINN É UM FALSO PROFETA!
Bom, pessoal, quero deixar aqui a minha opinião quanto ao questionamento que dá título a este tópico. Posso sem dúvida alguma expressar a minha opinião de que Benny Hinn é, sim, um falso profeta, levando-se em conta o padrão bíblico, e tenho algumas coisas a expressar a respeito disso.
Quando nós, cristãos protestantes, pentecostais, somos perguntados acerca de alguns pseudo-profetas que fundaram algumas das seitas que nós conhecemos hoje, tais como a dos Adventistas do Sétimo Dia (Ellen G. White), os Santos dos Últimos Dias, mais conhecidos como os Mórmons (Joseph Smith), ou as Testemunhas de Jeová (Charles Taze Russell), entre outros, se estes seriam falsos profetas ou não, a maioria de nós não tem qualquer problema em afirmar que SIM! Entretanto, quando se trata dos "profetas da casa", isto é, daqueles que se levantaram em nosso meio, ou que se declaram "pentecostais" como nós (ou que pregam alguns pontos em comum com o Pentecostalismo), agimos de forma diferente, e damos um monte de desculpas tais como as que foram apresentadas neste debate (tais como "Não devemos julgar" e "Não toqueis em Meus ungidos")...
.
Mas por que isto? Ora, a Bíblia nos ensina que não devemos usar "
dois pesos e duas medidas" (Provérbios 20:10), então me respondam o seguinte: Se
Ellen G. White é uma falsa profetisa, por ter proferido falsas profecias e ensinado falsas doutrinas, doutrinas estas que ferem frontalmente a Palavra de Deus, por que Benny Hinn não pode ser considerado falso profeta, se ele fez e faz o mesmo? Por que isto? Só por causa da filiação religiosa do profeta em questão?
.
O que faz de alguém um falso profeta não é a que denominação religiosa ele pertence, mas suas obras (livros, programas de TV, profecias, etc) e o conteúdo de suas pregações, pois como a Palavra de Deus nos ensina, haveria grande apostasia no final dos tempos! E por isso devemos, sim, estar atentos!
.
Assim como os crentes bereanos (Atos 17:10,11)! Se o apóstolo Paulo foi provado, juntamente com Silas, tiveram que passar pelo crivo do exame minucioso das Escrituras Sagradas, porque não Benny Hinn?
.
FALSO PROFETA, SIM!
Bem, o que
Benny Hinn tem ensinado aos seus ouvintes? Fazendo um apanhado geral de toda a sua obra, vemos que ele tem se destacado como um dos principais expoentes da chamada "
Teologia da Prosperidade", que prega entre outras coisas: que o crente não pode ficar doente (e se ficar, isto se resume ao fato de que não teve fé suficiente para “tomar posse” da sua plena saúde, ou que pode estar vivendo em algum pecado oculto); que o crente tem que ser muito rico, isto é, ser próspero, aqui e agora (chegando as vias de fato de afirmar que Cristo enquanto esteve neste mundo viveu uma vida de riquezas e ostentação, sem qualquer respaldo bíblico); que nós temos o direito de "exigir" de Deus os nossos "direitos", que são a cura de todas as enfermidades, físicas e emocionais, a prosperidade financeira (o Evangelho do Capitalismo!), a viver como um "super-crente". Seus "cultos" são um verdadeiro espetáculo de "demonstrações de poder" que somente exaltam o Homem (que é visto como aquele que tem a "Unção", e é dele que a "Unção" vem sobre as pessoas, quando este impõe suas mãos, ou lançam sobre eles seus pertences pessoais), coisas que fogem do que a Bíblia ensina!
.
Não temos o direito de exigir nada de Deus, e como homens mortais que somos, temos que pedir-lhe o que nos é necessário com humildade e sinceridade, como o nosso Senhor Jesus nos ensinou, na Oração do "Pai Nosso"! Não como Benny Hinn e os "profetas da prosperidade" ensinam, exigindo que Ele nos cure, nos traga dinheiro, poder, fama ou privilégios especiais!
.
Enfim, temos que estar atentos, sim, a estes ensinamentos, e rejeitá-los, em nome de Jesus! E quanto aos que assim dizem: "Mas eu li o livro 'Bom Dia, Espírito Santo', ou o 'Bem-Vindo, Espírito Santo', e eles não contém estas heresias, este livro me abençoou, me edificou!", tenho a dizer-lhes o seguinte: a maioria dos seus admiradores apenas conhece estes dois livros, que são seus livros mais divulgados aqui no Brasil, porém, eles não representam nem 10% da obra do Benny Hinn, e para conhecer melhor esta sua obra, é necessário conhecer seus outros livros (alguns ainda não traduzidos para o português) e o conteúdo de suas declarações nos programas de televisão nos EUA (amplamente documentados na obra "Cristianismo em Crise", da Casa Publicadora das Assembléias de Deus), e de suas pregações nas Cruzadas ao redor do mundo!
.
E parte deste material que mencionei anteriormente, já foi
divulgado aqui neste tópico, e tem muito mais na Internet, quem desejar pode pesquisar a respeito, não existe nenhuma desculpa para permanecer na ignorância dos fatos.
.
COM CERTEZA, BENNY HINN É UM DOS FALSOS PROFETAS!
Em relação aos livros que mencionei, os dois mais conhecidos do autor, deixem-me fazer a seguinte comparação: Se você algum leitor menos atento pegar alguns livros de Ellen G. White (a profetisa do Adventismo do Sétimo Dia), tais como "Caminho ao Redentor", "O Desejado de Todas as Nações", "A Ciência do Bem-Viver", etc. certamente que quase não encontrará heresias neles. Alguns destes livros até podem ser confundidos com "livros evangélicos" de um escritor qualquer, pois o conteúdo de suas mensagens é mais devocional que teológico propriamente dito. O mesmo ocorre com "Bom Dia, Espírito Santo" e "Bem-Vindo, Espírito Santo"! São leituras devocionais, e não dogmáticas, que tratam sobre as supostas experiências do autor com a Terceira Pessoa da Trindade, porém os erros letais do ministério de Benny Hinn não se encontra nestes livros, e sim em outras de suas obras!
.
Porém, desejo acrescentar ainda mais algo: o que me perturba nestas duas obras é que você passa a querer ter "exatamente" o mesmo tipo de experiências que o autor afirma que teve; lembro-me bem que quando li o "Bom Dia, Espírito Santo" há uns dez ou quinze anos atrás, eu passei a querer fazer exatamente o que o autor sugere: ao levantar de manhã, dizer "bom dia, Espírito Santo"! Só que isto é uma coisa entre ele e Deus, não fazia parte da minha intimidade com Deus, já que eu já estava acostumado a orar todas as manhãs, de uma forma, digamos, mais convencional... Será que Deus me ouvia menos, ou me abençoava menos, porque eu não dizia as "palavrinhas mágicas"? Tenho certeza de que se tornou exatamente isso, para muita gente que leu o livro na época (e mesmo hoje em dia), e ele nem era conhecido aqui no Brasil! Mas este seu primeiro livro foi muito "impactante" mesmo (sem ironia!) para sua popularização por aqui, em terras tupiniquins!
.
BENNY HINN É UM PROFETA DO PSEUDO-AVIVAMENTO!
Para finalizar estes meus breves comentários, deixo uma palavra aos admiradores de Benny Hinn, e também aos seus críticos. A Bíblia nos ensina: “Julgai todas as coisas e retende o que é bom” (I Tessalonicenses 5:21).
.
Vi algumas atitudes de vários irmãos aqui neste tópico que muito me entristeceram, um chegou a pedir que ele fosse apagado e trocado por outro que só falasse bem de Benny Hinn (vê se pode!), como se aos contrários fosse negado o direito de opinar! Isto é ou não um Fórum de debates? Me entristece é saber que boa parte dos cristãos tem receio de debaterem, de terem questionadas as suas "verdades", de terem que até mesmo reconhecer que estavam enganados, e para isto, muitos preferem não tomar conhecimento de questões que envolvem aquela determinada situação, usando (e abusando) de textos bíblicos (fora de seus contextos evidentemente), que se tornam pretextos para não pensar, não permitir que suas opiniões a respeito de Benny Hinn ou de qualquer outra coisa possam mudar, como se estas coisas fossem essenciais à sua salvação e à de outros. Desde quando concordar com Benny Hinn é pré-requisito para ser salvo, gente? A que ponto chegamos!!! Outros chegam a lançar maldições (!) em seus opositores ideológicos, tal como o próprio Benny Hinn já o fez, dizendo que ficarão enfermos, ou que parentes seus morrerão! Irmãos, desde quando o crente está autorizado a amaldiçoar os outros? Tiago 3:10 diz que "da mesma boca procede bênção e maldição. Não convém, meus irmãos, que se faça assim." Preciso dizer algo mais a respeito disso?
.
Infelizmente, o quadro é este! O ministério de Benny Hinn tem sido um catalisador de grandes divisões no Corpo de Cristo ao redor do mundo!
Provérbios 6:16-19 diz: "Seis coisas o SENHOR aborrece e a sétima a sua alma abomina: olhos altivos, língua mentirosa, mãos que derramam sangue inocente, coração que trama projetos iníquos, pés que se apressam a correr para o mal, testemunha falsa que profere mentiras e o que semeia contendas entre irmãos."
.
Fiquem na paz d'Ele!
.
ANDRÉ DE ARAÚJO NEVES
Assembléia de Deus Central de Porto Velho/RO - Ministério de Madureira

15 comentários:

  1. Meu amamdo irmão A paz do senhor jesus sou de são paulo de itapcerica da serra sou professor de artes visuais estou no último ano na facudade sou também membro da assembleia de Deus ministerio do Ipiranga pastor Alfredo Rickidal pois a minha filha nasceu no dia 02/05/2008 que Deus possa abençoar a sua familia meu amamdo irmão quem sabe nós um dia possa se encontrar um grande abraço do teu irmão em cristo jesus fica com Deus

    ResponderExcluir
  2. Não conheço bem as obras de Benny Hinn, mas conheço as da Adventista um pouco, com relação ao que você falou sobre as leituras devocionais x dogmáticas, você tem toda a razão. Sempre procuro alguns textos para complementação de estudos devocionais e são maravilhosos, mas um dia resolvi ler os textos dogmáticos e fiquei realmente decepcionada. São totalmente anti bíblicos.
    Parabéns pela sua família. É linda. A Paz

    ResponderExcluir
  3. Eliane, o seu comentário foi muito pertinente! Existe realmente muita diferença entre os dois tipos de literaturas, dentro do segmento cristão. Por isso, fica aí um alerta ao povo de Deus, para que cada um possa despertar seu interesse em conhecer o conjunto da obra de cada autor, antes de se prender excessivamente a uma ou mais obras em particular. Defendo, ainda, que cada um ore a Deus pendindo a Sua direção, pois existe muita sagacidade por parte do inimigo, que tentar a todo o momento enganar o povo de Deus. Por isso que tudo, tudo mesmo, deve sempre ser analizado à luz das Escrituras! Fique na Paz!!!

    ResponderExcluir
  4. Amo O Pastor Benny HInn e Admiro A comunião que ele tem com Deus a se todos nos deixassemos ser usados por DEus como ele é e Eis que no Rio Grande Nasceu O mais Novo Benny Hinn
    Acesse WWW.jairpereira.com

    ResponderExcluir
  5. amo o Pastor BennY HInn e Admiro a Comunião que ele tem com Deus a se todos deixassemos sermos usados por Deus como ele é, e quem Critica ele é um grande fariseu que naõ conhece o Deus que serve, acho que você deve nascer de novo e exprimentar relamente o que é ser um homem ou mulher de Deus usado por ele.

    ResponderExcluir
  6. Sei que talvez por motivos pessoais voce tenha escrito esse tipo de comentario egocentrico, e quero que saiba que isso não serve nada como edficação espiritual pra tua vida, alias o diabo e seus anjos ficam fazendo festa e rindo da sua cara por dizer que é Servo de Deus e não ter visão espiritual provocando assim esses tipo de comentarios, tocando no ungido de Deus. Deus tambem pode te usar só precisa voce dá lugar, fazer como O Pastor Benny Hinn fez busque ter intimidade com o Espirito santo seja Amigo de Deus e veras o que Deus vai fazer na tua vida.

    ResponderExcluir
  7. Não sei muito sobre a vida de Benny hinn, mas sei que ele dá muitos frutos para o Senhor!!! Não seria isso que importa? Leia joão 15 , espero meu irmão que reveja seus conceitos e seus valores da palavra de Deus, pois não estamos para dividir e sim agregar. Acho que não deveríamos falar mal das pessoas, pois não vemos Cristo insultando outras pessoas, deveríamos ser igual a Cristo, "Segui a paz com todos e a santificação sem as quais ninguém verá ao Senhor".... Fica com Deus meu irmão!!!

    ResponderExcluir
  8. Darlene, Liz Alves e Cesar! Que a paz de Cristo esteja com vocês!

    Quero dizer que apesar de não concordar com as opiniões de vocês a respeito do texto que escrevi (porque é isto que está sendo posto em debate neste momento, e não a minha pessoa ou a minha vida espiritual), respeito o seu ponto de vista.

    O que não respeito, ou melhor, não levo em consideração mesmo, de forma alguma, são as insinuações a respeito da minha vida devocional com Deus, minha intimidade com Ele, ou minhas experiências pessoais com Ele. Por duas razões: a primeira é a de que são pessoais, são vividas entre mim e o Senhor e somente diz respeito a mim e a Ele (na verdade, muito mais a Ele, do que a mim!). Em segundo lugar, porque creio que experiências humanas não são a base para se estabelecer doutrina alguma, sob pena de esta doutrina ser nada menos do que uma mera doutrina de homens, e não aquela emanada das Sagradas Escrituras, esta sim, a única fonte confiável.

    Ademais, quanto ao "julgar", ao "tocar no 'ungido'", ao seguir a linha de pensamento de Gamaliel, ou o de tentar agregar as pessoas ao máximo (em detrimento da verdade), estes argumentos já foram largamente rebatidos, e apenas o que posso fazer neste momento é indicar que (re)leiam as postagens "O cristão pode julgar?", "Julgar é bíblico? O conselho de Gamaliel e a reflexão teológica", e "Julgando os críticos ou criticando os juízes?", postadas em janeiro de 2.010. Atentem para os argumentos ali apresentados, e caso discordem, apresentem suas tréplicas, porém por favor, não repitam os mesmos argumentos que já estão demasiadamente respondidos em outros comentários, e nas postagens acima citadas.

    Mas uma vez, repetimos, que o nosso objetivo não é o de insultar pessoas ou difamar ministérios, sejam eles quais forem, mas sim trazer à tona questionamentos que se fazem necessários, à luz da Palavra de Deus, ante aos constantes abusos e desvirtuamentos dela que se têm feito hoje em dia, isto quando as pessoas não estão deixando desavisadamente serem levadas a "qualquer vento de doutrina" nova que aparece por aí, meramente por gostarem de novidades e inovações teológicas.

    Paz em Cristo,

    André.

    ResponderExcluir
  9. Bom, eu me chamo Camila e sou da igreja evangélica Assembléia de Deus (pastor presidente Ailtom José Alves)em Pernambuco.
    eu concordo com o senhor em alguns aspectos, mas o fato de Beny Hinn estar errando em algumas formas de pregação não significa que ele é um falso profeta, só mostra que ele esta passando por um momento de erro em seu ministério, pois eu não acredito que alguém que tenha tido uma experiência da quela que ele conta no livro "Bom dia Espirito Santo" seja um falso como o senhor esta falando. E sim, eu concordo quando o senhor fala que o fato de ele dar um bom dia ao Espirito Santo quando se acorda é uma coisa pessoal dele com o Espirito, mas o livro dele me ajudou sim a descobrir que Deus o seu Filho e seu Espirito eram muito mais do que eu pensava, ele me ajudo a descobri que Deus não é aquele ser inalcançável que eu penssava, Ele é alguém muito real e pode ser meu amigo mais íntimo assim como algum amigo que eu tenha, o livro me mostrou que assim como um amigo da terra pode se preocupar comigo e com cada detalhe de mim assim é Deus comigo basta que eu tenha intimidade o suficiente para poder ouvir a sua voz literalmente falando comigo.
    acho que BH não esta agindo ultimamente com sabedoria e que precisa de oração para saber dicernir as suas palavras, mas acho que isso não faz dele um falso profeta.

    ResponderExcluir
  10. o fato de BH não esta usando de sabedoria nestes ultimos sermões, não faz dele um falso profeta.
    ele só precisa de oração para saber usar as palavras certas.
    eu concordo com o fato de BH dar um bom dia ao Espirito Santo é uma coisa muto pessoal dele com o Espirito de Deus, mas o livro mostra perfeitamente que Deus não é o ser inalcançavel que eu achava.
    Deus esta tão perto e se preoculpa com cada detalhe de nossa vid,a cada fil de cabelo fora do lugar e BH encontrou isso.
    ele só está passando por um momento de tolice em suas pregações mas el é sim um homem cheio do Espirito de Deus.

    ResponderExcluir
  11. Camila, leia atentamente os versículos abaixo:

    (Deuteronômio 13:1-5)- "Quando profeta ou sonhador de sonhos se levantar no meio de ti, e te der um sinal ou prodígio, E suceder o tal sinal ou prodígio, de que te houver falado, dizendo: Vamos após outros deuses, que não conheceste, e sirvamo-los; Não ouvirás as palavras daquele profeta ou sonhador de sonhos; porquanto o SENHOR vosso Deus vos prova, para saber se amais o SENHOR vosso Deus com todo o vosso coração, e com toda a vossa alma. Após o SENHOR vosso Deus andareis, e a ele temereis, e os seus mandamentos guardareis, e a sua voz ouvireis, e a ele servireis, e a ele vos achegareis. E aquele profeta ou sonhador de sonhos morrerá, pois falou rebeldia contra o SENHOR vosso Deus, que vos tirou da terra do Egito, e vos resgatou da casa da servidão, para te apartar do caminho que te ordenou o SENHOR teu Deus, para andares nele: assim tirarás o mal do meio de ti."

    (Deuteronômio 18:20-22) - "Porém o profeta que tiver a presunção de falar alguma palavra em meu nome, que eu não lhe tenha mandado falar, ou o que falar em nome de outros deuses, esse profeta morrerá. E, se disseres no teu coração: Como conhecerei a palavra que o SENHOR não falou? Quando o profeta falar em nome do SENHOR, e essa palavra não se cumprir, nem suceder assim; esta é palavra que o SENHOR não falou; com soberba a falou aquele profeta; não tenhas temor dele."

    Creio que APENAS os textos acima citados já são suficientes para enquadrarmos o controverso Benny Hinn na categoria bíblica dos FALSOS PROFETAS.

    A paz do Senhor Jesus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola irmão, não vim aqui defender o Benny Him, mas voce em seu texto, não citou nenhum dogma herético proferido por ele em seus livros, acredito ser instrutivo fazê-lo.

      Sandro Luz

      Assembleia de Deus - Florianópolis/SC.

      Excluir
    2. Obrigado pelo comentário, Sandro. Como você pode perceber, essa postagem é bem antiga, recomendo que leia a continuação dela em: http://reflexoes-biblicas.blogspot.com.br/2009/02/benny-hinn-e-teologia-da-prosperidade.html. Fique a vontade pra comentar lá também. Creio que em relação às heresias proferidas pelo Benny Hinn, já existe farto material na internet para denuncia-las, tendo o cuidado, é claro, se não confundir alhos com bugalhos. Fica na Paz do Senhor Jesus!

      Excluir
  12. A paz do Senhor, não entendo esse paragrafo: "...Ele tem se destacado como um dos principais expoentes da chamada "Teologia da Prosperidade", que prega entre outras coisas: que o crente não pode ficar doente (e se ficar, isto se resume ao fato de que não teve fé suficiente para “tomar posse” da sua plena saúde, ou que pode estar vivendo em algum pecado oculto); que o crente tem que ser muito rico, isto é, ser próspero, aqui e agora (chegando as vias de fato de afirmar que Cristo enquanto esteve neste mundo viveu uma vida de riquezas e ostentação, sem qualquer respaldo bíblico); que nós temos o direito de "exigir" de Deus os nossos "direitos", que são a cura de todas as enfermidades, físicas e emocionais, a prosperidade financeira (o Evangelho do Capitalismo!), a viver como um "super-crente". Seus "cultos" são um verdadeiro espetáculo de "demonstrações de poder" que somente exaltam o Homem (que é visto como aquele que tem a "Unção", e é dele que a "Unção" vem sobre as pessoas, quando este impõe suas mãos, ou lançam sobre eles seus pertences pessoais), coisas que fogem do que a Bíblia ensina!"
    Se o cristão dá brecha obviamente que as enfermidades, os problemas familiares, espirituais viram sobre a vida dele! O Benny não disse mais do que a verdade, a verdade que muitos não querem ouvir. Os cultos dele não são "demonstrações de poder" é o Espírito Santo se movendo através de sua vida é um dom que Deus deu a ele. Não querendo ser grossa, mas se ele não exaltasse e falasse a verdade de suas experiencias com o Espirito Santo você não acha que Deus já havia o retirado de sua "posição" espiritual, se ele está onde ele está significa que Deus que ele lá, Esse mundo é um poço de opiniões, mas Deus não o colocou na Terra para julgar seus profetas e sim aumentar seu povo. Comecei a ler o livro "Bom Dia Espirito Santo" e momento nenhum ele nos para repetirmos "Bom Dia, Espirito Santo" quando acordamos, isso vem de você. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Giovanna,

      Obrigado por seu comentário. Leia novamente o texto, pois você tirou conclusões equivocadas. Em relação às "brechas", esta é uma doutrina heterodoxa, que não se encontra em nenhum lugar da Bíblia. Por conseguinte, você deve repensar seu argumento à moda de Gamaliel (se algo permanece ao longo do tempo, então este algo é correto e vem de Deus), pois, se assim fosse, o islamismo, o budismo, e as várias seitas pseudocristãs que perduram no tempo seriam corretas e teriam a aprovação divina. O conselho de Gamaliel (registrado em Atos) está lá como narrativa, jamais como um algo que devamos usar como parâmetro para discernir se um ensino é correto ou não. Em relação ao livro que você está lendo, ficam as advertências que já se encontram no texto acima.

      A Deus toda a glória.

      Excluir